Os mineiros terão que esperar mais um pouquinho para curtir uma semana de sol. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão  para esta quinta-feira (10) é de céu encoberto com chuva a qualquer momento do dia em quase todo o estado.

Segundo a meteorologista do Inmet Anete Fernandes, além de Belo Horizonte, a Região Metropolitana, Oeste, Noroeste, Sul, Campo das Vertentes, Zona da Mata, Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba terão céu encoberto com pancadas de chuvas. No restante do estado, a previsão é de céu parcialmente nublado com pancadas de chuvas e trovoadas isoladas.

Céu encoberto x parcialmente nublado

Anete explica a diferença entre as duas condições climáticas. “Quando a gente fala encoberto [o tempo] está totalmente fechado. Então, lá no Noroeste, Central Mineira, Oeste, Metropolitana, Campo das Vertentes e Zona da Mata deve ser um dia só com mormaço, sem abertura de céu”, descreve a meteorologista.


“Já nublado com pancadas de chuvas e trovoadas, nós temos momentos de abertura [do tempo], onde ocorre um aquecimento e podem formar aquelas nuvens com raios. O tempo abre ao longo do dia”, diferencia. 


A meteorologista explica que, nesta sexta-feira (11), o estado não terá grandes alterações para as condições do tempo. “Permanece céu encoberto podendo reduzir um pouco a nebulosidade.”

E a temperatura?

Nesta quinta-feira (10), a máxima prevista é de 24ºC, com céu encoberto com possibilidade de pancadas de chuva e trovoadas ao longo do dia. No estado, a máxima prevista para hoje é de 34ºC no Vale do Jequitinhonha e no Leste de Minas. A temperatura mínima registrada foi em Maria da Fé, Sul de Minas, com 12,3ºC.


Segundo o meteorologista do GeoClima Heriberto dos Anjos, este período de chuva na região é explicado pela Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS). 


Heriberto aponta que o tempo chuvoso permanecerá. “Deve começar a diminuir no domingo, mas há previsão de chuva até o início da próxima semana.”

Risco Geológico  

Devido ao acúmulo de chuva nas últimas 72 horas, as regiões de Venda Nova, Pampulha, Noroeste, Oeste e Centro-Sul se encontram sob risco geológico.

O órgão municipal recomenda atenção no grau de saturação do solo, sinais construtivos e cuidados com quedas de muros, deslizamentos e desabamentos.


A Defesa Civil de Belo Horizonte também alerta para que os belo-horizontinos redobrem a atenção, evitem áreas de inundação e não trafeguem em ruas sujeitas a alagamentos em momentos de forte chuva.


Outras recomendações são não se abrigar ou estacionar veículos debaixo de árvores e ficar atento a áreas de encostas e morros.

Fonte: Estado de Minas

Comentários