Uma moto com dois ocupantes bateu em outra motocicleta durante fuga da Polícia Militar no fim da noite desse sábado (13).

De acordo com a PM, o veículo estava com os faróis apagados e, por isso, o acompanhamento foi feito. A moto passou por parada obrigatória e bateu na motocicleta. O condutor fugiu a pé, mas o passageiro foi abordado.

Conforme a PM, era realizado patrulhamento na rua Rio Pardo, quando a moto ocupada por duas pessoas passou com os faróis apagados. Ao perceber que seria abordado, a polícia disse que o condutor iniciou fuga por ruas do bairro Santa Luíza.

A Polícia Militar destacou que foi acionado apoio de mais viaturas para realizar o cerco e o bloqueio do veículo. A polícia pontuou que a todo momento era mantido contato visual com a moto, que estava com a placa de identificação entortada.

Durante a fuga, a motocicleta bateu na outra moto no cruzamento das ruas Rio Branco e Bolívia. Segundo a PM, a batida aconteceu quando o condutor que realizava a fuga não respeitou placa de parada obrigatória, batendo na moto que trafegava pela rua preferencial.

Depois da batida, a PM apontou que os dois ocupantes fugiram a pé, não acatando uma ordem de parada dos militares. Conforme a polícia, foi possível acompanhar e deter apenas o passageiro da moto.

A Polícia Militar explicou que não foi possível identificar o condutor da moto, que conseguiu fugir. Já o condutor da motocicleta atingida, estava com a CNG vencida, segundo a PM.

A polícia explicou que, por se tratar de crime de menor potencial ofensivo, não foi imposta prisão em flagrante do passageiro. De acordo com a PM, ele assumiu compromisso de comparecer ao juizado, assinando termo de compromisso.

Ele teve escoriações devido à colisão, mas recusou atendimentos médicos. A moto que foi atingida da batida foi liberada para outro condutor habilitado, enquanto a motocicleta que estava em fuga foi apreendida e removida a um pátio credenciado.

Fonte: G1

Comentários
COMPATILHAR: