O andamento das obras para o início das atividades do trem turístico “Rio-Minas” está prejudicado por causa de furtos de dormentes, trilhos e construções irregulares no entorno das ferrovias. Como medida para solucionar a questão, o Ministério Público Federal (MPF) fez uma série de recomendações à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Os trabalhos começaram em junho e estão em andamento no trecho que liga as cidades de Três Rios e Sapucaia. A previsão para conclusão é dia 19 de janeiro de 2023, segundo a Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) Amigos do Trem. (Além Parahyba – Além Paraíba)

 

Conselheiro Lafaiete registra recorde em dengue

Lafaiete vai fechar 2022 com o maior número de casos notificados de dengue dos últimos 6 anos. De acordo com o gerente de Vigilância Epidemiológica da prefeitura de Lafaiete, Diogo Dias Silva, até o dia 13 de dezembro, já tinham sido notificados 3.105 casos da doença. 1.602 foram confirmados, o que equivale a 52% do total. Desses, 33 apresentaram sinais de alarme, um foi considerado grave e uma pessoa morreu em decorrência da doença. A cidade registrou, ainda, um caso confirmado de Chikungunya, no bairro Satélite. (Correio Online – Conselheiro Lafaiete)

 

Campanha conscientiza sobre fogos

A Secretaria de Sustentabilidade em Meio Ambiente e Atividades Urbanas da PJF (Sesmaur) elaborou uma campanha contra fogos de artifício com ruídos para este Ano Novo. Denominada “É tempo de luz”, a ação visa conscientizar a população a realizar as comemorações de fim de ano com as luzes dos fogos de artifício, mas sem os barulhos em excesso, que podem causar danos à saúde dos animais. Também podem ser prejudicadas crianças, pessoas idosas e pessoas com o Transtorno do Espectro do Autismo. Em Juiz de Fora, desde 2021, é proibido pela Lei nº 14.296, proposta pela vereadora Kátia Franco, o manuseio, a utilização, a queima e a soltura de fogos de artifício das categorias “C” e “D”, os mais ruidosos. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

 

Tarifa do coletivo de Divinópolis pode aumentar

A tarifa do transporte coletivo de Divinópolis pode sofrer um reajuste de 36 centavos. O novo valor foi aprovado por membros do Conselho Municipal de Trânsito (Comutran), em reunião na manhã de terça-feira. A decisão, no entanto, cabe ao prefeito de Divinópolis, Gleidson Azevedo (PSC). Se aprovado, o valor passa a ser de R$ 4,51 em 2023. O presidente do Comutran e secretário de Trânsito, Segurança Pública e Mobilidade Urbana, Lucas Estevam, apresentou o memorial descritivo do estudo para calcular o custo detalhado. (Portal Agora – Divinópolis)

 

Projeto institui o Plano de Arborização em Poços de Caldas

A Câmara de Poços aprovou, na última sessão ordinária do ano, o Projeto de Lei n. 106/2021 que institui no âmbito do município de Poços de Caldas o Plano Diretor de Arborização Urbana. A matéria, de iniciativa do vereador Lucas Arruda (Rede), visa ao manejo e à garantia de condições adequadas para a ampliação da vegetação existente na cidade. De acordo com a proposição, o Plano Diretor de Arborização Urbana contém um conjunto de métodos e medidas adotadas para a preservação e gerenciamento das árvores, sendo um instrumento de planejamento municipal que fixa as diretrizes necessárias para uma política de implantação, monitoramento, avaliação, conservação e expansão das espécies, incluindo a participação social no processo de gestão. (Mantiqueira Online – Poços de Caldas)

 

Hospital em Itabira suspende Pronto Atendimento

O Hospital Nossa Senhora das Dores, em Itabira, emitiu um comunicado informando sobre a interrupção temporária do Pronto Atendimento (PA) Pediátrico. O serviço estará indisponível a partir do dia 1º de janeiro de 2023. De acordo com a instituição, “não haverá desassistência. Os médicos generalistas [clínicos gerais] estarão de plantão 24 horas por dia para atendimento”. A decisão pela indisponibilidade e dificuldade na contratação de pediatras para “compor de maneira adequada a escala médica no plantão”. O hospital também ressalta que “a dificuldade em encontrar esse tipo de profissional no mercado é uma realidade em todas as cidades do Brasil”. (De Fato Online – Itabira)

 

Projeto Cidadão de Sabará forma jovens para o futuro

A Associação Projeto Cidadão de Sabará é uma instituição voltada para o acolhimento de nossas crianças. O Projeto existe há 25 anos e tem o objetivo de formar crianças e adolescentes para a vida e o trabalho. Para isto, desenvolve oficinas de português, matemática, percussão, teatro, dança, poema, inglês, artes e outras. Com capacidade para atender até 100 crianças entre 5 e 12 anos a associação funciona de segunda a sexta e sobrevive de doações e eventos promovidos pela própria instituição. De acordo com a presidente responsável, Alessandra Mendes, o grande desafio é concorrer com o mundo das drogas e a criminalidade. (Folha de Sabará – Sabará)

 

COMPATILHAR: