A saída de jogadores como Ricardo Silva e Eduardo Bauermann obrigou o América a ir ao mercado para angariar novas peças de qualidade, visando às competições de 2022. Paralelamente às buscas, o clube trabalhava nos bastidores para renovar com outros atletas importantes nas campanhas recentes do Coelho. Nessa quinta-feira (6), o Alviverde, enfim, “fechou” aquela que tende a ser sua linha de defesa titular para os primeiros compromissos do ano, incluindo a participação na segunda fase da Copa Libertadores.

Necessitando atletas para a zaga, o América anunciou em um só dia as chegadas de Éder e do argentino Germán Conti. O primeiro firmou contrato até o fim de 2024, enquanto o outro chega por empréstimo, junto ao Benfica, até dezembro deste ano.

Antes da confirmação dos reforços, o clube já havia divulgado, no fim do ano passado, a prorrogação dos vínculos de quatro atletas da defesa: o goleiro Matheus Cavichioli, o lateral-direito Patric e os laterais-esquerdos João Paulo e Marlon – este último, na verdade, teve seus direitos econômicos adquiridos pela agremiação.

A princípio, a defesa titular para a estreia na Libertadores, contra o Guaraní, do Paraguai, em 23 de fevereiro, no Independência, pode ser Cavichioli, Patric, Éder, Conti e Marlon. O jogo de volta acontece em 2 de março, no Rogelio Livieres, em Assunção, no Paraguai.

Outros setores

O Coelho segue em busca de atletas para outras posições, sobretudo o ataque, devido à saída de Ademir, um dos reforços do Atlético. Recentemente, o clube alviverde renovou os vínculos com os volantes Juninho e Juninho Valoura e o avante Felipe Azevedo. O meia Alê também está garantido para a temporada.

Fonte: Hoje em Dia

Comentários
COMPATILHAR: