Uma briga generalizada entre família terminou com uma mulher de 44 anos morta em Três Pontas, no Sul de Minas, nessa sexta-feira (28). O genro dela, de 32 anos, foi socorrido em estado grave para o hospital depois de também ser esfaqueado.

As informações iniciais apontam para duas versões distintas do caso. A primeira é de que o homem, que tem vasta passagem pela polícia, chegou agressivo na casa da família da mulher e, por ciúme, agrediu todos que estavam no imóvel e esfaqueou a sogra. A filha da vítima, vendo a agressão, esfaqueou o companheiro para defender a mãe. A outra versão colhida é de que a mulher de 44 anos golpeou o genro depois de ser agredida e ela mesmo desferiu os golpes de faca contra si.

Quando a polícia chegou no endereço, o homem estava caído com ferimentos causados pela faca. Eram dois ferimentos no peito e um nas costas na altura do pescoço. Ele foi socorrido para o pronto socorro onde ficou entubado e em estado grave. Segundo a Polícia Militar, ele tem envolvimento com o tráfico de drogas, receptação e neste ano já foi preso após furtar o celular da vizinha.

Devido à primeira versão, de que o homem não foi golpeado pela sogra, a polícia prendeu a companheira do suspeito. Ela foi encaminhada para a delegacia da cidade. A Perícia da Polícia Civil esteve no local, recolheu a faca usada no crime e agora vai investigar se quem matou a mulher foi o genro ou não. As investigações devem apontar também quem golpeou o homem.

 

 

Fonte: O Tempo

Comentários
COMPATILHAR: