Nesta semana começa o saque extraordinário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O depósito será feito a partir de quarta-feira (20/04), quando trabalhadores com carteira de trabalho assinada via Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) nascidos em janeiro poderão sacar até mil reais.

A consulta do valor do saque e a data poderá ser feita pelo aplicativo do FGTS para smartphones Android ou iOS, no site da Caixa Econômica Federal ou em agências bancárias do banco. Desde 8 de abril deste ano, trabalhadores podem consultar a disponibilidade do benefício.

Geralmente, o FGTS pode ser sacado em momentos oportunos, como demissão sem justa causa, aquisição de casa própria ou na aposentadoria. Contudo, em 17 de março, foi assinada a Medida Provisória que libera o saque extraordinário.

O pagamento vai até 15 de junho (com data limite para saque até 15 de dezembro), a depender do mês de nascimento do trabalhador. O Governo Federal estima que cerca de R$ 30 bilhões sejam disponibilizados para 42 milhões de pessoas no período de abril a junho deste ano.

Destaca-se que o saque é facultativo. Para não ter o valor creditado e a conta do FGTS debitada, é necessário acessar o aplicativo FGTS para ir a uma das agências Caixa e informar que não quer receber o valor.

Saque extraordinário do FGTS

Janeiro: 20 de abril
Fevereiro: 30 de abril
Março: 4 de maio
Abril: 11 de maio
Maio: 14 de maio
Junho: 18 de maio
Julho: 21 de maio
Agosto: 25 de maio
Setembro: 28 de maio
Outubro: 1 de junho
Novembro: 8 de junho
Dezembro: 15 de junho

 

 

Fonte: Estado de Minas

COMPATILHAR: