A campanha solidária criada para ajudar a formiguense Fabiana Imaculada de Almeida a conseguir o valor necessário para arcar com as despesas de uma cirurgia de emergência no rim foi um sucesso. De acordo com informações do portal Tribuna Centro-Oeste, a jovem de 31 anos já realizou o procedimento e está em recuperação na Santa Casa de Caridade de Formiga.

Fabiana estava internada desde o dia 3 de dezembro na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) com quadro de vômito e cólica renal. Ela foi diagnosticada com três cálculos no rim direito e corria o risco de perder a função renal definitivamente e sofrer sepse (infecção generalizada).

Para realizar o procedimento, Fabiana, que é mãe de um menino de 5 anos e de uma menina de 9 anos, precisava de R$ 15 mil. Ela conseguiu R$ 6 mil e o restante foi obtido por meio de empréstimo. Com a ajuda da comunidade, ela conseguiu quitar a dívida. A formiguense Karina Câmara, uma das organizadoras da campanha, contou que a cirurgia ocorreu na sexta-feira (9) e foi mais complexa do que o previsto.

“Foi uma cirurgia muito complicada, estava muito infeccionado, teve de fazer lavagem e tirar raio-X para o médico conseguir ver o cálculo. O cálculo que estava obstruindo foi retirado e os outros dois não puderam ser retirados porque a cirurgia, dada a complexidade, ultrapassou o tempo considerado seguro. Não se pode mexer por mais de três horas no rim, mas o cálculo que estava dando problema para ela foi removido”, disse Karina.

Ainda de acordo com ela, Fabiana seguirá em tratamento e em até seis meses o quadro será reavaliado para verificar a necessidade de retirada dos outros dois cálculos. “O objetivo foi concluído. Em 24h, a menina conseguiu ser operada sem ter nenhum recurso. Isso é um milagre e a prova de como Deus age nas nossas vidas. A voz dela após o procedimento era de alegria e alívio. O que tiro dessa história é a lição de que tem muita gente maravilhosa e generosa. O mal faz tanto barulho que às vezes a gente se esquece de que o bem existe. Temos muito o que agradecer a essas pessoas”, acrescentou.

Fonte: Tribuna Centro-Oeste

 

Comentários
COMPATILHAR: