No ano passado, 1.960 transplantes de órgãos e tecidos foram realizados em Minas Gerais. No final de 2022, 5.902 pessoas aguardavam na fila de espera. Dessas, 97% precisavam de rim ou córneas. O formiguense Ruan Vitor da Silva Lombardi, de 21 anos, é uma das pessoas que conseguiram o transplante de córnea.

De acordo com informações do portal Tribuna Centro-Oeste, o formiguense foi diagnosticado com ceratocone quando tinha 15 anos.

A doença afeta a estrutura da córnea, camada fina e transparente que recobre a frente do globo ocular. Atualmente, Ruan tem apenas 10% da visão do olho esquerdo e o quadro segue em progressão.

A data da cirurgia ainda está em definição, mas o procedimento será realizado no Centro Oftalmológico de Minas Gerais, em Belo Horizonte. A cirurgia será custeada pelo SUS, mas as outras despesas envolvidas no tratamento cabem à família do paciente. É para cobrir o custo extra que criaram uma rifa para ajudar o formiguense.

Ele explicou que há despesas com risco cirúrgico, colírios, óculos, exames e medicamentos. O jovem calcula que será necessário arrecadar cerca de R$ 6.500. O formiguense mora com a mãe, os irmãos e os avós no bairro Engenho de Serra. Atualmente, a mãe está desempregada e não condições de arcar com o valor integral do tratamento do filho.

Os interessados em ajudar podem fazer doações via PIX pelo e-mail: [email protected].

Fonte: Tribuna Centro-Oeste

COMPATILHAR: