A Polícia Civil de Minas Gerais ratificou, nesta segunda-feira (10), a prisão de dois homens suspeitos de atirarem no meio-campo, André Vinícius, que disputa o Módulo 2 do Mineiro pela URT. Um jovem de 16 anos, que estava no carro com a dupla foi apreendido. A tentativa de homicídio foi registrada na madrugada de domingo, em Patos de Minas.

Segundo informações da Polícia Militar, o meio-campista foi atingido por um tiro nas costas ao entrar no carro dele. Os três suspeitos foram detidos em flagrante ainda no domingo e as duas armas e munições encontradas no veículo em que eles estavam foram apreendidas. De acordo a Polícia Civil, a tentativa de homicídio está em investigação.

André Vinícius, de 20 anos, foi encaminhado pelo Samu para o Hospital Regional Antônio Dias e depois transferido para um hospital particular da cidade. Segundo informações passadas pela URT, o jogador segue internado e tem quadro de saúde estável.

O atleta foi contratado para esta temporada e estava entre os relacionados para o confronto com o Betim, no sábado à tarde, que terminou com a vitória do time da Região Metropolitana de Belo Horizonte por 2 a 1, pela 3ª rodada do hexagonal final do Módulo 2.

 

O caso

André Vinícius foi baleado na entrada de uma boate na madrugada de domingo. Em entrevista à Rádio Clube 98/Portal Clube Notícia, a PM informou que o crime teria sido cometido depois de um desentendimento na boate entre o atleta e os suspeitos. O jogador disse que ao sair da boate e entrar no carro dele, um carro passou ao lado e um dos ocupantes atirou.

Segundo a polícia, um dos envolvidos chegou a confessar que houve discussão dentro da boate que foi motivada por “time de futebol”.

 

Fonte: G1

 

COMPATILHAR: