“Ele se finge de morto igual ao Romário, como quem não quer nada com o jogo. Dá arrancadas imparáveis, como o Ronaldo e é fatal como o Rei para finalizar. Com essas virtudes, juntas, preciso dizer mais alguma coisa sobre o principal astro da seleção da França.

Mesmo marcado na cola, o tempo todo por dois ou três poloneses ele conseguiu encontrar espaço para receber e tocar para Giroud abrir o placar e fez dois.

Impressionante. A França é ele e mais dez.

Jogo bom, e a  olônia teve uma grande oportunidade de abrir o placar, no início da partida. Depois mais duas chances quando já perdia. Só soube aproveitar o pênalti, batido pelo Lewandowski no último lance”.

 

Foto: @fifaworldcup_pt Oficial extraída do blog do Chico Maia

 

 

Comentários
COMPATILHAR: