Segundo boletim divulgado nessa sexta-feira (23) pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas (SES-MG), foram notificados 2.460 casos de varíola dos macacos (Monkeypox) no Estado em 24 horas.

Exames laboratoriais confirmaram 471 casos e outros 1.231 casos foram descartados. Há ainda 536 casos suspeitos de Monkeypox em Minas.

De acordo com a SES-MG, apenas uma morte foi registrada até o momento no Estado. Trata-se de um paciente que estava em acompanhamento hospitalar para monitoramento de outras condições clínicas graves e evoluiu para óbito em 28 de julho.

A vítima da varíola dos macacos era um homem de 41 anos residente em Belo Horizonte e natural de Pará de Minas, na região Metropolitana.

No levantamento feito pelo Ministério da Saúde, o Brasil possui 7,3 mil casos confirmados da doença e 5.086 suspeitos. Além disso, foram duas mortes em todo o país até o momento, uma em Minas e outra no Rio de Janeiro.

É importante lembrar que a Monkeypox não é transmitida por primatas não humanos. Eles podem apenas contrair a doença, assim como os humanos. A SES-MG lembra que agredir ou matar um animal silvestre é crime previsto pela Lei 9.605/98.

Fonte: Hoje em Dia

Comentários
COMPATILHAR: