Uma mulher de 54 anos foi comida viva por uma cobra píton de 6,7 metros em Jambi, na Indonésia. O trágico episódio aconteceu na sexta-feira (21).

De acordo com os relatos dos oficiais, a dolorosa experiência teria durado ao menos duas horas. Durante esse período, a cobra teria imobilizado e engolido a mulher.

Segundo sua família, Jahrah, 54, saiu de casa para coletar borracha em uma plantação. Como sua família não a encontrou, ligaram para os serviços de emergência da cidade.

Autoridades e moradores vasculharam a floresta por dois dias e ficaram horrorizados ao encontrar uma enorme píton, reclinada em uma clareira, com uma grande protuberância em sua barriga no domingo (23).

Para confirmar as suspeitas de que a mulher estaria dentro da cobra. Assim, os moradores mataram o animal, o cortaram e, por fim, encontraram a mulher desaparecida no trato digestivo.

Acredita-se que a cobra tenha mordido Jahrah antes de sufocá-la, de acordo com Anto, chefe da aldeia Terjun Gajah, onde a vítima morava.

Ele acrescentou que agora há um clima extremamente tenso na vila, já que várias pítons gigantes foram vistas na área, incluindo uma fera de mais de 7 metros.

Fonte: O Tempo

Comentários
COMPATILHAR: