O cargueiro Felicity Ace, que tinha pegado fogo no dia 16, afundou no Oceano Atlântico nesta quarta-feira (2). A bordo estavam cerca de 4 mil supercarros das marcas Porsche, Audi e Bentley. O prejuízo com a perda do navio e dos veículos foi estimado em R$ 2,5 bilhões.

O navio perdeu estabilidade quando estava sendo rebocado para o continente e adernou, informou a CNN. De bandeira do Panamá, o cargueiro tinha deixado o Porto de Emden, na Alemanha, onde a Volkswagen tem uma fábrica, para Davisville, nos EUA.

O fogo começou quando o Felicity Ace estava perto do Arquipélago de Açores. Os 22 tripulantes já haviam sido resgatados sem ferimentos.

Segundo o jornal alemão “Handelsblatt”, um email da Volkswagen dos EUA diz que havia 3.965 carros das marcas VW, Porsche, Audi e Lamborghini.

Problemas elétricos causam acidentes

O youtuber Matt Farah, que tem um canal sobre carros, disse que foi procurado por uma concessionária que disse a ele que um automóvel que ele havia encomendado estava entre os carros no navio. “Meu carro está à deriva, possivelmente em chamas, no meio do oceano”, disse o youtuber.

James Turner, um advogado especializado em disputas que envolvem transporte de carga, disse que problemas elétricos são causas comuns de incêndios. Geralmente, afirma Turner, esses navios têm diferentes pisos e cada um é isolado, o que poderia conter os danos.

Fonte: G1

Comentários
COMPATILHAR: