Três pessoas morreram e 28 casos de tuberculose já foram registrados em 2023 em Passos (MG). O município é o com mais casos da doença entre as cidades do Sul de Minas.

Em Poços de Caldas foram registrados 22 casos ao longo do ano. Em Pouso Alegre, 19 pessoas tiveram tuberculose. Já em Varginha foram confirmados 14 casos da doença.

Esses pacientes, além de comorbidades, tiveram diagnóstico tardio. Então, quando eles foram diagnosticados com a doença, já havia complicações. Isso contribuiu para a evolução ao óbito”, explicou Paula Fabiana Tavares Freitas Santos, coordenadora de epidemiologia de Passos.

A tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível causada por uma bactéria, que afeta principalmente os pulmões. A tosse é a principal forma de transmissão. Por isso, ao tossir é importante cobrir a boca e o nariz com o braço.

Diante da quantidade de pessoas infectadas em Passos, o setor de Saúde da prefeitura emitiu um alerta sobre a importância do diagnóstico precoce. Quem tiver duas semanas de tosse, febre, perda de apetite, sudorese e emagrecimento deve procurar a Unidade de Saúde mais próxima.

No local é possível fazer o exame de detecção da tuberculose de forma gratuita. Caso seja positivo, o paciente é encaminhado para tratamento com duração de seis meses. Assim como o exame, ele também é feito pelo SUS de forma gratuita.

A doença, a tuberculose pulmonar, tem tratamento. O tratamento é gratuito. O diagnóstico, os exames são gratuitos e ofertados pelo SUS. E quanto mais precoce o diagnóstico, menos complicações e menos perigo da evolução para o óbito. Todo paciente que tiver os sintomas deve procurar o mais rápido possível a unidade de saúde do seu bairro”.

 

Fonte: G1

 

COMPATILHAR: