Nesta terça-feira (18), a Polícia Civil concluiu e remeteu à Justiça o inquérito policial que apurou as circunstâncias do atropelamento de quatro jovens de 19, 20, 23 e 27 anos, ocorrido no sábado (15), em Passos.

O motorista, de 45 anos, que estava em estado de embriaguez, foi indiciado por quatro tentativas de homicídio duplamente qualificado.

De acordo com o apurado, antes do atropelamento o suspeito estava em um bar que fica a poucos metros do local do crime. Após ter perdido seu telefone celular, ele teria ficado irritado e falado alto, conforme relato de testemunhas, que como consequência iria propositalmente atropelar pessoas na rua.

Em seguida, tomou a direção do veículo e o acelerou sobre um grupo de aproximadamente dez pessoas, atingindo quatro delas. Depois, ele ainda teria retornado pela mesma rua e, novamente, atacou o grupo, desta vez não atingindo ninguém.

Um homem, de 27 anos, está internado em estado grave em uma unidade hospitalar em Passos. O suspeito foi preso e constatada embriaguez visualmente e por meio de etilômetro. O veículo estava danificado, especialmente o para-brisa, que continha sangue.

O motorista foi autuado em flagrante e, diante das provas colhidas, indiciado por quatro tentativas de homicídio duplamente qualificado, pois o crime foi cometido mediante recurso que tornou impossível a defesa das vítimas e por ter o suspeito agido por motivo fútil.

O investigado segue preso preventivamente e está à disposição da Justiça.

Fonte: Polícia Civil

Comentários