Neste mês o valor referente ao vale-alimentação dos funcionários da Prefeitura de Formiga será depositado diretamente na conta do servidor e a partir de setembro, o Sintramfor passará a administrar o vale alimentação.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, na tarde desta quinta-feira (11), o prefeito Eugênio Vilela informou a novidade aos servidores.

Juntamente com ele, a secretária de Administração e Desenvolvimento Econômico, Milena Ribeiro, falou sobre o desgaste em relação à empresa responsável pelo serviço do vale-alimentação e que esse é o terceiro mês consecutivo em que a empresa atrasa o repasse aos funcionários. “Tomamos todas a providências necessárias, a empresa foi notificada e agora nós caminhamos para a rescisão unilateral com a empresa”.

O presidente do Sintramfor, Natanael Alves, explicou que quando foi detectado o problema, o sindicato procurou o prefeito e explicou que o Sintramfor já tem um cartão há cerca de cinco anos e se dispôs a trabalhar também com o vale-alimentação.

“Já iniciamos o processo, entregamos a documentação, que está sendo conferida e, provavelmente, até o dia 20 do mês que vem, vamos agilizar para que esses cartões estejam prontos para serem entregues aos servidores.  

Eugênio concluiu explicando que no dia 20 de agosto, não será creditado o valor do vali-alimentação para a respectiva empresa e sim na conta do servidor, e tudo dando certo com a documentação do sindicato, no mês de setembro, o vale-alimentação será administrado pelo sindicato. “Uma garantia de que esses atrasos e constrangimentos para com os servidores não mais irão acontecer”.

Vereador vai à cidade sede da empresa responsável pelo vale-alimentação

Na manhã desta quinta-feira, o vereador Cid Corrêa divulgou um vídeo nas redes sociais e explicou que foi até Pirassununga/SP, cidade sede da empresa responsável pelo vale-alimentação.

Ele esteve em um endereço da empresa, que estava vazio e no endereço anterior, que também não havia ninguém.

Cid explicou que esteve na casa de um dos sócios da empresa e tentou falar com ele por telefone, e também com o gerente da empresa, mas sem sucesso.

 

 

Comentários
COMPATILHAR: