A coordenadora do curso de Biblioteconomia, professora Margarita Rodrigues Torres e a coordenadora da Biblioteca “Ângela Vaz Leão”, Virgínia Vaz, representaram o Unifor-MG no Jubileu de Ouro da Regulamentação da Profissão de Bibliotecário. As solenidades de comemoração foram realizadas na semana passada, no Plenário da Câmara dos Deputados e no Palácio do Congresso Nacional, em Brasília.

O evento foi organizado pelo Conselho Federal de Biblioteconomia (CFB) e pelos Conselhos Regionais de Biblioteconomia (CRB’s). Estiveram presentes os presidentes dos conselhos de vários estados. Durante a sessão solene, no Plenário da Câmara dos Deputados, foi realizado o lançamento do Selo Comemorativo aos 50 anos da Profissão de Bibliotecário. Na ocasião, ocorreram vários pronunciamentos dos membros que compuseram a mesa, com a participação especial do Coral do Senado. Posteriormente, houve uma visita técnica à Biblioteca da Câmara dos Deputados.

Em outro momento da comemoração, no Senado Federal, ocorreu o Seminário de Políticas Públicas para Bibliotecas, com debates sobre os programas de governo voltados às bibliotecas, projetos de lei em tramitação e a visão para os próximos anos.

De acordo com Margarita Torres, foi muito relevante participar das comemorações, refletir sobre a trajetória de conquistas pela valorização do profissional. “Hoje, ser bibliotecário é ter uma profissão consolidada, em que o profissional exerce responsabilidades de gestão, organização, armazenamento e disseminador das informações, atuando em diversos segmentos da sociedade, com diversos suportes, seja impresso ou digital. É um profissional dinâmico que atua no desenvolvimento social e cultural de um país, comprometido com as novas tecnologias para desempenhar bem suas funções com um novo perfil, seja em bibliotecas digitais, arquivos, empresas, museus, emissoras de rádio e TV, redes sociais, editoras ou centros de documentação. Diante das inovações tecnológicas, o bibliotecário torna-se, cada vez mais, peça fundamental para o sucesso organizacional”, disse a coordenadora.

 

 

Unifor-MG

COMPATILHAR: