A administração municipal, através do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) em parceria com a Emater-MG e o Unifor-MG, vem desenvolvendo desde o início de 2021, o Projeto de fortalecimento e valorização do queijo produzido no município.

Os primeiros frutos do projeto não demoraram a aparecer e os queijos produzidos em Formiga tem ganhado destaque em todo Brasil, por sua qualidade e sabor, sendo premiados em concursos regionais e internacionais.

Entre os dias 15 e 18 de setembro, será realizado na cidade de São Paulo, o 2º Mundial do Queijo do Brasil, organizado pela SerTãoBras. Os organizadores estimam receber 1.200 queijos no 2º Concurso de Queijos e Produtos Lácteos e cerca de 50 mil pessoas para viverem intensas emoções lácteas. Outros dois concursos, inéditos no Brasil, vão acontecer: de Melhor Queijeiro e Melhor Queijista do Brasil.

Com o apoio da Prefeitura, quatro produtores formiguenses participarão do concurso: Daniel Rodrigues (Soh Minas), Edmilson e Fernanda Rolindo (O melhor de Minas), Roque Fernandes (Porteira da Canastra) e Wesley Saldanha (Queijos Saldanha).

Segundo Mozair José Pinto, extensionista agropecuário da Emater-MG, “é desta forma que conseguiremos dar visibilidade aos nossos produtores e seus produtos, para que os mesmos sejam reconhecidos em Formiga, dentro e fora do estado. Tal reconhecimento traz agregação de valor e demonstra que a Assistência Técnica, juntamente com a Regularização Sanitária são meios de apoio ao desenvolvimento das Agroindústrias e produtores rurais, gerando emprego e renda para o município, além de garantir a Segurança Alimentar e preservar nossa cultura”, explicou.

 

Fonte: Decom

Comentários
COMPATILHAR: