Servidores do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) e da Secretaria de Estado de Infraestrutura do Estado (Seinfra) paralisam os serviços a partir desta quinta-feira (3). A ação conjunta foi decidida em assembleia realizada no dia 23 de fevereiro, com participação de servidores ativos e aposentados.

“Às 7h30 do dia 3/3/2022, iniciaremos os trabalhos de manifestação de greve, na porta da sede do DER/MG, e assim deve ser nas portas das 40 coordenadorias regionais em todo o Estado de Minas Gerais”, explicou em nota o Sindicato dos Trabalhadores Públicos em Transportes e Obras Públicas do Estado de Minas Gerais (Sindter-Sinttop). A categoria reivindica recomposição salarial aos profissionais, que segundo o sindicato, não acontece há cerca de uma década.

No dia seguinte à decisão da assembleia, o sindicato afirmou que o governo de Minas anunciou reajuste de 10,06% para “todos os trabalhadores públicos do Estado, aposentados e na ativa, e o reajuste na ajuda de custo paga aos trabalhadores da ativa”.

Diante da decisão, o sindicato convocou nova assembleia na sede do DER/MG na tarde da próxima quinta-feira (10), em que serão votados os novos rumos do movimento, seja a manutenção da decisão inicial ou a suspensão da greve.

Durante o movimento, 30% do serviço será mantido no Estado, que nesta quinta-feira (3), tem mais de 100 pontos de interdição em rodovias.

Fonte: Hoje em Dia

Comentários
COMPATILHAR: