Termina, na sexta-feira da semana que vem (28), o prazo dado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, para que o Presidente da República, Jair Bolsonaro, preste depoimento na investigação sobre o vazamento do inquérito do ataque hacker ao sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A investigação sobre o vazamento foi solicitada pelo TSE ao ministro Alexandre de Moraes após Bolsonaro conceder uma entrevista no dia 4 de agosto do ano passado, em que ele teria falado sobre o inquérito com o intuito de atacar a segurança das urnas eletrônicas no entendimento do Tribunal Superior Eleitoral.

O presidente foi intimado após a Polícia Federal (PF) ouvir o delegado responsável pelo inquérito e também o deputado Felipe Barros (PSL), que teve acesso ao material e participou da entrevista em que estava o presidente Jair Bolsonaro.

Fonte: Itatiaia

Comentários