A segunda edição da Copa Formiga de Futebol teve como campeão novamente o Vila Esporte Clube. A categoria 99/2000 do Leão do Oeste venceu neste domingo (4) em casa a segunda final contra o Clube Centenário, desta vez por 2 x 0.
Antes de a bola rolar, os pais dos jogadores de ambos os times foram convidados a adentrarem o gramado para ouvirem alguns pronunciamentos do presidente da Comissão Organizadora de Futebol Associados do Engenho de Serra (Cofaes), Gilson Braz Onofre (Gilson Mirrita), além das declarações do ex-presidente do Vila, Mário Godói (Marão) e do técnico do Clube Centenário, Evandro Luiz Rocha. Em seguida, houve a execução do Hino Nacional e do Hino A Formiga.

A partida
O jogo começou bastante equilibrado e o Clube Centenário corria atrás do prejuízo, tentando eliminar a vantagem dos adversários. O Vila jogava nos contra-ataques, beneficiado por jogar em casa, diante de sua fiel torcida que compareceu em peso e precisava de apenas um empate.
Quando todos pensaram que o primeiro tempo terminaria no 0 x 0, no último minuto da etapa inicial, o Vila ampliou a vantagem e fez 1 x 0, gol marcado por Rafael.
No intervalo, muita conversa, nervosismo e ansiedade de ambos os lados. Os jogadores do Clube Centenário partiram para o ataque, tentando igualar o marcador para manterem vivas as chances de virarem o jogo e levarem a decisão para os pênaltis. Chegaram por diversas vezes ao gol do adversário, mas as bolas paravam nas mãos do goleiro do Vila, que teve uma bela atuação e ainda contou com a sorte, depois de se assustar com uma bola na trave.
Mas o Vila queria mais e fez o segundo gol com Arlei, aos 5 minutos da etapa complementar. Coube aos vilenses apenas administrarem o jogo e assim o fizeram.
Ao final, muita festa azul e branca. O Vila sagrou-se bicampeão e comemorou bastante junto com sua torcida, com direito a volta olímpica. Os pais foram novamente convidados a adentrarem o gramado para entregarem as medalhas aos campeões e aos vice-campeões, que também receberam troféus da Cofaes.

Comentários