Foi realizada ontem (20), na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano, uma reunião com a presença do prefeito Eugênio Vilela, da vice-prefeita Adriana Prado, do secretário Anuar Teodoro, da supervisora do SUAS Lindamar Azarias, da supervisora de monitoramento Daniane Nunes, e do pastor Bruno César, da Igreja Batista Independente.

Durante a reunião foram traçadas algumas ações emergenciais para atendimento às pessoas em situação de rua, contando também com a parceria da Comunidade Terapêutica NARCC e da Igreja Batista Vale das Bençãos.

 

Durante toda a tarde, a equipe do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) percorreu as ruas da cidade abordando novamente os moradores de rua, ofertando-lhe acolhimento noturno nesse período de frio intenso.

Logo após, das 17h às 23h30, os servidores da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano percorreram as ruas da cidade distribuindo cobertores aos moradores de rua, sendo que quatro pessoas foram acolhidas na Comunidade Terapêutica NARCC e em um hotel da cidade, com apoio da Igreja Batista Independente. Essas quatro pessoas, antes de serem levadas para o abrigo, passaram por testes rápidos de covid-19 na Tenda da UPA.

Os moradores de rua, tanto os que foram acolhidos quanto os que optaram por permaneceram nas ruas, receberam alimentos concedidos pela Igreja Vale das Bençãos, a qual se dispôs prontamente em atendê-los.

A Prefeitura de Formiga ressaltou que as ações emergenciais respeitaram o direito constitucional do cidadão de ir, vir e permanecer, sendo lhes garantido a proteção social. Ou seja, os moradores de rua que optaram por permanecerem nas ruas continuarão sendo assistidos por diversos serviços socioassistenciais, seja do âmbito público, privado ou religioso, pois nesse momento as ações em conjunto com a rede de apoio do município se faz fundamental.

 

 

Fonte: Decom

Comentários