Depois de muita espera o América finalmente vai estrear na Libertadores. Nesta quarta-feira (23), o Coelho recebe o Guaraní, do Paraguai, no Independência, às 19h15, em jogo válido pela segunda fase do torneio continental.

O torcedor americano espera por esse momento desde o dia 9 de dezembro, do ano passado, quando o Alviverde derrotou o São Paulo por 2 a 0, na última rodada do Campeonato Brasileiro.

Com oito jogos disputados na temporada, todos pelo Mineiro, o técnico Marquinhos Santos teve tempo para dar ritmo aos seus jogadores. Das oito partidas que fez, o comandante americano utilizou os titulares em cinco oportunidades, contra Democrata-GV, Cruzeiro, Athletic, Atlético e Patrocinense. Com quatro vitórias, dois empates e duas derrotas, o América tem 58% de aproveitamento no ano.

O Guaraní, por sua vez, não vive um bom momento. Não venceu na temporada atual, perdendo dois jogos e empatando um, todos pelo Campeonato Paraguaio. Neste ano, o Cacique, como também é chamado o clube do Paraguai, ainda não marcou gols. Empatou com o Guaireña e perdeu para o Sol de América por 1 a 0 e Cerro Porteño por 2 a 0. Por ser uma equipe tradicional, no cenário Sul-Americano, o Guaraní tenta conquistar a primeira vitória, em 2022, diante do América.

A partida de volta entre as duas equipes está marca a se enfrentar no dia 2 de março, no estádio Defensores Del Chaco, em Assunção.

Fonte: O Tempo

Comentários
COMPATILHAR: