O Governo de Minas anunciou investimentos da ordem de R$ 10 milhões em obras e serviços de manutenção nos imóveis na Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg) em Passos. O início das obras deve ocorrer no mês de fevereiro por três empreiteiras licitadas para as obras em diversos blocos da unidade. O campus de Passos é o maior da Uemg no Estado, com 27 cursos de graduação e com mais de 5 mil alunos. (Folha da Manhã – Passos)

 

Ampliação da ETE Uberabinha autorizada

A Prefeitura de Uberlândia assinou a ordem de serviço para reforma e ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Uberabinha, localizada no bairro Distrito Industrial. O investimento para as obras será de R$ 72,6 milhões e o prazo previsto para a conclusão é de dois anos. A verba é oriunda do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finasa), assinado pelo Município em dezembro de 2021 junto à Caixa Econômica Federal. As obras visam aumentar a capacidade de tratamento de efluentes da ETE em cerca de 30%. (Diário de Uberlândia – Uberlândia)

 

Sabará avalia risco de epidemia de dengue

Servidores da Secretaria Municipal de Saúde participaram da reunião do Comitê de Enfrentamento às Arboviroses (doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem o vírus da dengue, Zika vírus, febre chikungunya e febre amarela. A classificação “arbovírus” engloba todos aqueles transmitidos por artrópodes. O encontro, realizado na sede do órgão, teve como objetivo avaliar o risco de epidemia de dengue em Sabará e traçar ações de mobilização e intensificação no combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença. (Folha de Sabará – Sabará)

 

Radares no Trevo de Saramenha reinstalados

O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) iniciaram no último domingo (15), a reinstalação de radares no Trevo de Saramenha, em Ouro Preto. O trecho é conhecido por ser perigoso, onde já aconteceram diversos acidentes, inclusive com vítimas fatais. A sinalização no local era uma demanda antiga dos moradores. A reinstalação dos radares aconteceu graças à articulação da Prefeitura de Ouro Preto, o DER e o DNIT. (O Liberal – Ouro Preto)

 

Professores esperam reajuste de 15% em Juiz de Fora

Professores da rede municipal de Juiz de Fora e da rede estadual de Minas Gerais cobram um reajuste de cerca de 15%, de forma linear, para toda a categoria. O pleito se baseia em portaria assinada pelo ministro da Educação, Camilo Santana. O dispositivo reajustou o piso nacional do magistério em 14,94%, com o salário-base da categoria passando de R$ 3.845,63, em 2022, para R$ 4.420,55 em 2023. “A valorização dos nossos profissionais da educação é fator determinante para o crescimento do nosso país”, escreveu o ministro, após assinar a portaria. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

 

Vila Vicentina supera dificuldades

Idosos amarrados, medicamentos vencidos, ausência de profissionais, assédio moral e outros problemas eram corriqueiros na Vila Vicentina de Divinópolis. As primeiras denúncias foram escancaradas pelo Agora em reportagem exclusiva feita no ano passado. No entanto, a realidade atual é completamente diferente. Após nove meses interditada para adequações, a Vila foi reaberta e agora, segundo a Prefeitura, não enfrenta os problemas denunciados. (Portal Agora – Divinópolis)

 

226 municípios em situação de emergência

Minas Gerais tem 226 municípios em situação de emergência por conta de ocorrências relacionadas ao período chuvoso, segundo o boletim da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec). Aimorés, Dom Cavati, Jequitinhonha, Oliveira, Porto Firme, Santana do Deserto e Senhora dos Remédios passaram a integrar a lista. Em Minas Gerais, o número de pessoas que morreram com as fortes precipitações que atingiram o estado permanece em 21, com 2.025 pessoas desabrigadas e 11.415 desalojadas. (Diário de Caratinga – Caratinga)

 

Comentários
COMPATILHAR: