Embalado pela dramática vitória sobre a Caldense, no último sábado (5), o Cruzeiro volta as atenções para o Democrata-GV, adversário nesta quarta-feira (9), às 19h30, pela quinta rodada do Campeonato Mineiro.

Com nove pontos em quatro jogos, a Raposa ocupa a segunda colocação na tabela de classificação, e busca um triunfo no Gigante da Pampulha, aliado a um tropeço do Atlético diante da URT, em Patos de Minas, para terminar a rodada na liderança.Publicidade

Para o confronto diante da Pantera, o técnico Paulo Pezzolano – baixa do banco de reservas pela Covid-19 –  não vai poder contar com o zagueiro Mateus Silva e com o meia Giovanni, que vão cumprir suspensão, além do lateral-direito Gabriel Dias, tambem com o Coronavírus. 

Por outro lado, o comandante uruguaio terá o retorno do atacante Waguininho, ausente na última partida também por questão disciplinar, e do volante e lateral Rômulo, recuperado da Covid-19.

Na defesa, Eduardo Broch, acionado diante da Veterana, e Oliveira disputam uma vaga ao lado de Maicon, com o próprio Rômulo iniciando a partida na lateral direita. 

Já no ataque, o próprio Waguininho é o mais cotado para entrar no lugar de Giovanni, fazendo com que o time volte a atuar com quatro meio-campistas e dois atacantes de ofício.

Outra disputa será no comando de ataque, entre Thiago, titular no último jogo, e Edu, autor do gol da vitória diante da Veterana. 

Democrata-GV

Na sétima colocação, com cinco pontos, o Democrata-GV também vem de vitória no Estadual.

Jogando no Mamudão, a Pantera passou pelo Pouso Alegre, no último sábado, e venceu a primeira na competição.

Para encarar a Raposa, o técnico Paulo César Shardong ganhou mais duas opções.

Contratados recentemente, os meias Vini Locatelli e Thiaguinho foram regularizados junto à CBF e estão aptos a estrear pelo time de Governador Valadares.

Em caso de vitória no Mineirão, o Democrata-GV poderá encerrar a rodada dentro do G-4 do Mineiro.

Fonte: Hoje em Dia

Comentários
COMPATILHAR: