Foi ajuizado uma ação, por uma ONG de proteção animal e o Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal, cobrando retratação pública a CBF e pagamento de multa de R$ 1 milhão. O motivo foi a forma como Vinicius Rodrigues, assessor da entidade, retirou um gato da bancada enquanto o atacante Vinicius Junior concedia entrevista coletiva durante a Copa do Mundo do Catar.

A repercussão do fato nas redes sociais foi bem negativa. Muitos internautas condenaram a atitude do assessor no tratamento do gato e cobraram uma atitude da CBF que ignorou o caso.

O caso acabou gerando uma enxurrada de memes após a eliminação do Brasil na derrota nos pênaltis para a Croácia.

A ONG de proteção animal e o Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal aguardam a avaliação de tutela do juiz sobre o caso. Já a CBF vai apresentar sua defesa após ser notificada.

Fonte: Hoje em Dia

COMPATILHAR: