Na tarde dessa quinta-feira (5), a guarnição da Patrulha de Prevenção à Violência Doméstica prendeu um homem de 39 anos, no bairro Balbino Ribeiro da Silva, em Formiga.

Segundo informações da Polícia Militar, ele estava descumprindo uma ordem judicial, referente a uma medida protetiva em favor da vítima de 38 anos, que era esposa do homem.

O homem sempre fugia pelos fundos da residência durante a chegada da PM. Contudo, desta vez, foi formado um cerco ao redor da casa e ele foi preso e conduzido à Delegacia, sendo agora responsabilizado pelos seus atos de descumprimento às ordens judiciais.

Patrulha de Prevenção à Violência Doméstica

A Patrulha de Prevenção à Violência Doméstica (PPVD), foi criada no âmbito da Polícia Militar de Minas Gerais em 2010, com objetivo de atender as mulheres vitimizadas pela violência doméstica.

Em 2018, foi implantado pelo Comando do 63º BPM, em Formiga, a guarnição PPVD, como é chamada a Patrulha de Prevenção a Violência Doméstica.

De acordo com a PM, a equipe vem intervindo, em média, em cerca de 100 casos por ano. Cada um deles é acompanhado durante um período entre dois meses a um ano, dependendo da complexidade. Ademais, onde há o encerramento do acompanhamento, há a certeza da quebra de ciclo de violência doméstica, garantindo uma melhor qualidade de vida a vítima.

Vale ressaltar que a atuação da guarnição é uma típica ação da polícia, contudo, para um efetivo resultado, se faz necessária atuação multidisciplinar envolvendo outros órgãos apoiadores, tais como o Creas (Centro de Referência e Assistência Social), para apoiar as vítimas; a Delegacia Especializada em Violência Doméstica, para produzir o inquérito policial e o Poder Judiciário, que através do MM Juiz de Direito, irá expedir os mandados de medidas protetivas de urgência e os respectivos mandados de prisão, bem como as penas impostas pelos descumprimento destes.

 

Fonte: Polícia Militar

Comentários
COMPATILHAR: