Um homem foi preso nesta quinta-feira (12) suspeito de quebrar a costela da mulher, atacando-a com socos e chutes. Além disso, ele também teria agredido o filho, de 3 anos de idade. O caso foi registrado no último dia de Natal, em Unaí, na região Noroeste do Estado.

De acordo com informações da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), tanto a mulher quanto a criança foram resgatadas nove dias após as agressões, em um local desabitado no distrito de Ruralminas. Isso porque o suspeito quebrou o celular da vítima, impedindo que ela pedisse socorro.

Conforme apurações da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) em Unaí, o homem já havia agredido a companheira outras vezes. Em 2020, o suspeito ateou fogo na casa onde a mulher e o filho dele estavam. Na época, o garotinho tinha 1 ano de idade.

Fonte: O Tempo

Comentários
COMPATILHAR: