A Polícia Civil de Divinópolis informou, na manhã desta terça-feira (17), que o motorista da caminhonete envolvida no acidente que matou Glauciara Ribeiro, de 17 anos, e deixou o irmão dela, Gleison Ribeiro Prata, de 25 anos, gravemente ferido, foi identificado e prestará depoimento em breve.

Na ocasião do acidente ele fugiu do local sem prestar socorro. A identidade dele não foi informada. Glauciara era uma das finalistas do concurso Rainha e Princesas da Divinaexpo.

Um inquérito para apurar o acidente foi instaurado no domingo (15) pela Polícia Civil.

“Desde que acionada, adotou todas as diligencias necessárias para coletar informações que possam estabelecer a autoria e a dinâmica do acidente. As investigações prosseguem. Por imposição legal, será mantido o devido sigilo para que não haja qualquer prejuízo às investigações”, disse a Civil em nota

No Boletim de ocorrência da Polícia Militar, consta que a caminhonete pertence a uma mulher, mas não era ela a condutora na ocasião da batida. Quem estava na direção era um homem de pele clara, barba e aparência de 45 a 50 anos.

A Civil disse ainda que “as imagens do sistema ‘olho-vivo’, que teriam registrado o acidente, foram requisitadas, ainda no domingo, pela autoridade policial que está presidindo a investigação”. Os resultados serão divulgados oportunamente e o inquérito policial será remetido ao Ministério Público e Justiça assim que finalizado.

Estado de saúde

De acordo com a assessoria do Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJD), Gleison segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O quadro clinico dele é grave e respira com ajuda de aparelhos.

O rapaz e a irmã estavam em um carro com outras três pessoas quando, na madrugada de sábado (14), foram atingidos por uma caminhonete na Rua Pernambuco esquina com a Primeiro de Junho. Ambos foram socorridos com vida e em estado grave. Contudo, Glauciara morreu no hospital.

Enterro da adolescente

O Corpo de Glauciara Ribeiro foi velado e sepultado em São Sebastião do Oeste, no domingo (15). Pelas redes sociais, a irmã da adolescente, Ana Ribeiro, pediu orações para família, principalmente, para o irmão, Gleison, que segue internado.

Nota de pesar

Em nota divulgada no sábado, a organização do concurso lamentou o ocorrido.

“Pedimos que Deus conforte toda a família, trazendo muita luz e paz neste momento de tanta tristeza. Tenho certeza que hoje mais uma estrela vai brilhar no céu. Que o Divino Espírito Santo ilumine nossos corações neste momento de tanta tristeza”.

Fonte: G1

 

 

Comentários
COMPATILHAR: