Um grupo que se diz ser do movimento pró-Brasil, em que os integrantes não fazem parte de nenhuma associação e não indicaram qualquer liderança que pudesse responder às perguntas da imprensa, interditou parcialmente, nesta terça-feira (1º), a MG-050, no bairro Planalto, em Formiga.

Os manifestantes contam com uma base de apoio com alimentos (café, pães, biscoitos, frutas, água) para quem quisesse aderir à manifestação.

De acordo com uma das integrantes do grupo, nesta terça-feira, às 18h, será rezado naquele local, com a chegada de novos participantes, um terço ecumênico.

Ela informou também que amanhã uma turma ficará no Planalto e um outro grupo vai descer para a frente do Tiro de Guerra, entre as 8h e 9h. “Logo após, as pessoas vão se reunir novamente aqui no Planalto, para darmos continuidade a esta ação de cidadania”, informou.

De acordo com o sargento, Tiago Marques, que comandava alguns militares da Polícia Militar, presente no local para garantir tanto o direito de manifestação, quanto o direito de ir e vir da população –e  de quem quer seguir viagem, tudo está ocorrendo dentro da normalidade e não houve ainda necessidade de intervenção de forma diferenciada

Outros bloqueios pelo país ocorreram logo após o anúncio da vitória do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no domingo (30).

     

Comentários
COMPATILHAR: