Susto. Essa foi a sensação de muitos moradores de Sete Lagoas, na Região Central de Minas Gerais. O relato de tremores de terra na cidade tomou conta das redes sociais na noite desta sexta-feira (29). Não há informações sobre feridos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a corporação recebeu dezenas de ligações de diferentes pontos da cidade, contando sobre os tremores, por volta das 21h50. Segundo os militares, nenhum dos relatos apresentavam gravidade, nem descreviam rachaduras ou possíveis desmoronamentos. Por isso, não houve atuação.

Além disso, a corporação acompanha a movimentação de supostas detonações em terrenos de propriedade de siderúrgicas. Segundo os bombeiros, essa pode ser a causa provável do tremor sentido pelos moradores. O caso deve ser investigado.

A empresária Jamille Magalhães Costa estava em casa com os filhos no bairro Carmo. Ela disse que sentiu o tremor enquanto estava na cozinha. Nesse momento, ela pensou que a casa dela estava caindo.

“Meu filho gritou do quarto, perguntando o que estava acontecendo. A filha pequena estava dormindo e também sentiu o tremor. Ela acordou com a movimentação. Eu ouvi um barulho abafado, parecendo um barulho de trovão. Eu pensei que minha casa ia desmoronar”, descreveu.

Jamille ligou para o marido, que estava no Centro da cidade. Ela disse que o companheiro também sentiu o tremor de terra do local onde estava e foi para casa, fazer companhia para a família.

“Espero que não volte a acontecer. A gente vê essas coisas acontecendo na televisão e, quando acontece com a gente, a gente custa a acreditar”, afirmou.

O Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB), um dos principais laboratórios especializados no tema do país, confirmou que foi registrado um tremor em Sete Lagoas com magnitude 3.

Fonte: G1

Comentários
COMPATILHAR: