Um acidente envolvendo o ônibus da linha 318, que faz o trecho Estação Barreiro/Jardim Liberdade via Milionários, deixou onze pessoas feridas na manhã desta quarta-feira (21), no bairro Bonsucesso, na Região do Barreiro, em Belo Horizonte.

Segundo informações preliminares, o veículo passava pela rua Canto das Palmeiras quando perdeu o freio e bateu no muro de uma construção.

De acordo com policiais que atenderam a ocorrência, onze pessoas ficaram feridas. Cinco foram atendidas no local e liberadas.

As outras seis pessoas feridas foram encaminhadas para as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Barreiro e Industrial por ambulâncias do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU). Todas estavam com ferimentos leves. O Corpo de Bombeiros também esteve no local.

Jaqueline Ferraz mora na rua e diz que os acidentes são frequentes. Segundo ela, a empresa não escuta nem os moradores do local, que correm riscos em caso de batidas como a de hoje. “Eu estava deitada e ouvi o barulho. Abri o portão e vi o acidente. Isso acontece diariamente. Ônibus perdendo o freio e estragando. A gente reclama, mas eles não dão o recurso. Moramos aqui e ficamos inseguros com isso.“, disse.

Após o acidente, uma pessoa que trabalha na empresa que administra o ônibus e que não quis se identificar conversou com a reportagem do Estado de Minas. Segundo ela, a má manutenção dos veículos contribuem para os acidentes. “Essa é a pior linha da empresa, em termos de carro e passageiro. Os carros são ruins, pneu ruim, mecânica infelizmente não tem. Os moradores são prejudicados demais. O motorista trabalha sob pressão, às vezes o passageiro ameaça o motorista. Quando o carro quebra o motorista é culpado, ameaçam colocar fogo“, disse.

Procurado, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Setra-BH) lamentou, em nota, o acidente. De acordo com o comunicado, o motorista irá receber acompanhamento psicológico. “Em relação ao veículo, o sindicato informa que o ônibus estava com sua documentação, vistoria e manutenções em dia“, diz a nota.

Fonte: Estado de Minas

Foto: Edesio Ferreira/EM/D.A. Press

COMPATILHAR: