Após cinco dias, chegou ao fim, nesta sexta-feira (23), uma operação do Ibama para prevenção e combate ao desmatamento ilegal do bioma Mata Atlântica em cidades do Norte de Minas.

Foram vistoriadas áreas nos municípios de Salinas, Santa Cruz de Salinas, Curral de Dentro, Taiobeiras, Ninheira, São João do Paraíso, Águas Vermelhas e Berizal por agentes do Ibama durante a operação “Mata Viva”.

Segundo a superintendência do Ibama, utilizando tecnologia de monitoramento contínuo via satélite, foram identificadas propriedades com suspeita de desmatamento irregular.

Diante da suspeita, com apoio da Polícia Ambiental de Meio Ambiente, foram fiscalizadas 45 áreas com supressão de vegetação, o que resultou no embargo preventivo de 744,40 hectares.

Se ficarem comprovadas irregularidades, os autores irão responder judicialmente nas esferas cível e criminal, além de sanções administrativas, de acordo com o Ministério Público.

A ação é realizada no âmbito da Operação Mata Atlântica em Pé, coordenada pelo Ministério Público Estadual de Minas Gerais e com participação da Polícia Militar de Meio Ambiente e Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad).

 

 

Fonte: Hoje em Dia

COMPATILHAR: