O deputado Ricardo Silva (PSD-SP) apresentou um projeto de lei nesta segunda-feira (27) para alterar o Código Penal, e incluir nele um artigo que tipifica como crime a divulgação de informações sobre a vítima de crime contra a dignidade sexual.

Em trecho do projeto, o parlamentar mencionou o caso da atriz Klara Castanho. “Em uma carta aberta publicada nas redes sociais, a atriz Klara Castanho relatou que foi vítima de estupro e engravidou. No entanto, explicou que não queria tornar o assunto público, mas que a adoção foi exposta de maneira sórdida e repugnante”; ressaltou.

O parlamentar defende ainda que “não se pretende negar o direito à informação, mas que tal direito não se sobreponha a quaisquer das outras garantias individuais, nem as eliminar, delimitando, assim, a fronteira entre o legítimo e o abusivo exercício da liberdade de informação”.

No sábado (25), Klara divulgou uma carta aberta em seu perfil oficial do Instagram na qual revelou que engravidou após ser vítima de estupro. Precisou falar sobre o caso após o caso ser vazado pelos jornalistas Léo Dias,Matheus Baldi e a youtuber Antonia Fontenelle.

 

 

Fonte: O Tempo

Comentários
COMPATILHAR: