Uma distribuidora de cachaça localizada no bairro Céu Azul, na região de Venda Nova, foi fechada na terça-feira (10) pela Polícia Civil em conjunto com o Mapa (Ministério da Agricultura e Agropecuária) e o IMA (Instituto Mineiro de Agropecuária).

Segundo as autoridades, foram apreendidos no local mais de 20 mil litros de cachaça armazenados em bombonas de plástico.

A empresa também foi autuada por não possuir registros de funcionamento e inspeção, ou seja, o local estava proibido de exercer atividades. A ação integra a terceira fase da operação “Cachaça Batizada” que visa inibir o comércio ilegal de bebidas alcoólicas e a falsificação desses produtos.

Fábrica é fechada na Grande BH

No último dia 3, início da operação, a polícia interditou uma fábrica clandestina de bebidas em Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte. Na ocasião, o proprietário do imóvel, de 43 anos, foi preso em flagrante.

Na ocasião, os policiais civis observaram que o imóvel não apresentava qualquer tipo de higiene ou condições adequadas de armazenamento dos materiais. No local, foi constatado grande armazenamento de líquido semelhante a álcool e cachaça, além de centenas de garrafas vazias e com bebida envasada.

Também foram encontradas garrafas de bebidas originais, rótulos de cachaça, maquinário utilizado para envasamento, rotulagem e lacre de garrafas. Aos policiais, o proprietário confirmou que realizava a compra da cachaça sem nota e revendia para estabelecimentos da região. 

Fonte: BHAZ

Comentários