Já imaginou ficar desempregado por dois anos, sem nenhuma expectativa de conseguir trabalho e de repente, passar em um concurso público? Seria um misto de felicidade e orgulho ao mesmo tempo. E o mais legal é que essa história é verdadeira e foi registrada no município de Itaúna, e ainda viralizou na internet.

O protagonista é Edmar Campos Mendes, de 59 anos, que agora é recenseador do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e atua desde o dia 1º de agosto no Censo Demográfico 2022.

No primeiro dia de trabalho em Itaúna, Edmar mandou uma foto para a filha Júlia Mendes, de 21 anos. A imagem foi postada na internet pela garota e teve quase 100 mil curtidas em uma rede social. Ela descreveu:

“Depois de dois anos desempregado meu pai passou em 2º lugar no concurso do IBGE. Hoje foi o primeiro dia de trabalho dele e ele me mandou essa foto”. O que ela não esperava era receber tanto carinho dos seguidores em tão pouco tempo.

“Postei a foto só pra dividir essa alegria com meus amigos e tive uma surpresa ao ver que tinha viralizado, fui contar pro meu pai até com medo dele não gostar, mas ele adorou”, comentou a jovem.

Em entrevista ao portal g1, Edmar comentou que está feliz com o novo emprego, depois de anos sem trabalhar regularmente e também orgulhoso da colocação que conseguiu no concurso.

“Fiquei muito feliz. É um trabalho que sempre achei bonito e foi muito gratificante ficar bem colocado depois de tantos anos sem estudar”, disse.

O agora recenseador, é técnico têxtil, mas há seis anos ele não trabalha com carteira assinada. Em Itaúna ele realiza pequenos trabalhos e o pouco que consegue ganhar, investe nos estudos da Júlia e do outro filho. Por isso, os sonhos dele tiveram que ser adiados temporariamente.

Além de dar um novo sentido na carreira de Edmar, que se mostrou um profissional de destaque ao conseguir uma vaga no IBGE, a conquista aflorou nele a vontade de seguir adiante com os estudos e no futuro, ter a oportunidade de trabalhar como técnico de Tecnologia da Informação (TI), curso que ele pretende terminar em breve.

“Vou deixar para concluir em uma oportunidade que estiver melhor financeiramente. Falta pouco, mas a prioridade são meus filhos que estão estudando agora. Mas logo pretendo terminar sim”, finalizou.

IBGE

O Censo Demográfico 2022 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), teve início no dia 1º de agosto em todo território nacional. Na região Centro-Oeste de Minas, o trabalho está sendo realizado por quase 2 mil recenseadores e supervisores.

Segundo o IBGE, os recenseadores vão percorrer todos os imóveis do país para registrar os dados dos moradores dos municípios. Durante as visitas eles fazem perguntas a partir de dois questionários importantes, que ao final, vão servir para elaboração de políticas públicas para os cidadãos brasileiros.

Como identificar um recenseador

Como medida fundamental para evitar qualquer tipo de golpe envolvendo a pesquisa e para que a população participe do questionário de forma segura, com o acesso dos recenseadores, o IBGE criou um uniforme especial formado por colete azul marinho.

Além da cor facilmente identificável, na frente do colete há um bolso transparente com foto e os dados do funcionário e um QR Code, que poderá ser utilizado para confirmar a identidade e a função dele.

Ele também vai estar com um boné escrito IBGE, uma bolsa identificada e um aparelho semelhante ao celular onde ele captura todas as informações necessárias com o morador.

Também será possível fazer a confirmação do funcionário no site do IBGE ou ligando para o telefone 0800 721 8181.

Fonte; G1

Comentários
COMPATILHAR: