Nesta semana, dois agentes do setor de Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde de Formiga, participaram, em Divinópolis, de uma capacitação de controle da febre maculosa. Os funcionários serão agora referência técnica da doença na microrregião de Formiga.

A doença é transmitida através do carrapato e, mesmo sem notificação da doença em humanos e nem registro de carrapatos contaminados com a bactéria que causa a doença na cidade, Formiga será monitorada.

O trabalho de monitoramento irá consistir em diversas ações, dentre elas ações educativas, captura de carrapatos para análise, notificação e acompanhamento de casos suspeitos e/ou confirmados.

As amostras de carrapatos coletas serão enviadas para Funed em Belo Horizonte. Esse trabalho será realizado uma vez ao ano caso o município não apresente casos ou suspeitas da doença.

 

Divulgação/Decom

Divulgação/Decom

Divulgação/Decom

 

Fonte: Decom

Comentários
COMPATILHAR: