Como se não bastasse a importância de vencer um título sobre o maior rival, a final do Campeonato Mineiro entre Atlético e Cruzeiro tem ainda mais ingredientes para servir de motivação para os dois lados. Desde 2004, quando o atual formato do estadual foi adotado, cada clube venceu oito das 18 edições do torneio. Ipatinga e América foram os “intrusos” desde então. (veja lista completa abaixo)

Galo e Raposa se enfrentam neste sábado (2), no Mineirão. A novidade da partida é o retorno da divisão igualitária de ingressos entre as torcidas, assim como a decisão em partida única. Quem vencer, fica com a taça e se torna o maior campeão desde 2004, quando a competição passou a ter uma fase classificatória, quartas de final – já abandonadas -, semifinal e final.

Nesse recorte, Atlético e Cruzeiro decidiram o título diretamente em 10 oportunidades, com vantagem para o time celeste, que levou a melhor sete vezes. Por outro lado, o alvinegro é mais assíduo na finalíssima. A última vez que o clube ficou de fora foi em 2006.

O Galo chega à decisão com maior investimento e favoritismo na frieza dos números, com o melhor ataque e defesa do Campeonato Mineiro sob o comando de Turco Mohamed. Do outro lado, a Raposa vive uma reformulação ampla desde que Ronaldo assinou o termo de intenção de compra da SAF do clube. Dentro de campo, o trabalho de Paulo Pezzolano agrada o torcedor, que viu o clássico equilibrado na primeira fase do torneio.

No geral, o Atlético é o maior campeão da competição, com 46 conquistas ao longo dos anos. O Cruzeiro vem logo atrás, com 38 taças levantadas. Quando a decisão foi totalmente disputada no Mineirão, palco deste sábado, o clube celeste leva vantagem. São nove triunfos em 13 disputas.

VEJA TODOS OS CAMPEÕES DESDE 2004

2004 – Cruzeiro
2005 – Ipatinga
2006 – Cruzeiro
2007 – Atlético
2008 – Cruzeiro
2009 – Cruzeiro
2010 – Atlético
2011 – Cruzeiro
2012 – Atlético
2013 – Atlético
2014 – Cruzeiro
2015 – Atlético
2016 – América
2017 – Atlético
2018 – Cruzeiro
2019 – Cruzeiro
2020 – Atlético
2021 – Atlético

 

 

Fonte: Itatiaia

Comentários
COMPATILHAR: