Agressão e briga marcaram o velório do vereador José Nilton Lima de Oliveira, também conhecido como ‘Doidão’, nas dependências da Câmara Municipal de Guarujá, no litoral de São Paulo.

Imagens gravadas no local, e obtidas pelo portal G1 nesta sexta-feira (4), mostraram a confusão entre familiares do político. A esposa dele foi agredida, e estava no local para se despedir do companheiro.

A vítima contou à Polícia Civil que foi à Câmara para prestar condolências ao companheiro. José Nilton era presidente da Casa, e morreu na quarta-feira (2), durante um acidente de trânsito na cidade.

Segundo a mulher, chegando ao local, ela foi ofendida verbalmente, ameaçada e, em seguida, agredida fisicamente por um familiar do vereador e por duas mulheres desconhecidas.

A irmã dela, conforme relatou a esposa do político, também foi agredida fisicamente pelas mesmas pessoas. Elas afirmaram à polícia que outras pessoas desconhecidas também deram empurrões e chutes nelas, após começar a confusão.

Conforme registrado no boletim de ocorrência, e flagrado pelas imagens, após o ocorrido, guardas civis municipais socorreram as vítimas e as retiraram do local.

De acordo com a mulher, ela era casada com o vereador há cerca de 14 anos, e teve um desentendimento com o companheiro recentemente, por conta de “fofocas”. Os dois permaneceram afastados por alguns dias, mas já haviam se reconciliado antes do acidente.

O caso foi registrado como lesão corporal, calúnia, difamação e ameaça pela Delegacia Sede de Guarujá, e o caso será investigado pela Polícia Civil. 

O advogado da mulher, Valdemir Santana, afirma que a cliente pretende representar criminalmente contra quem a agrediu, e solicitará as imagens das câmeras de monitoramento da Câmara Municipal. “Ela está bastante abalada psicologicamente, e com hematomas. Deve fazer o [exame de] corpo de delito nesses próximos dias”, finalizou.

Fonte: G1

Comentários
COMPATILHAR: