O prefeito de Iguatama, Lucas Vieira Lopes, divulgou por meio de suas redes sociais que foi vítima de um crime de extorsão.

De acordo com informações do portal Tribuna Centro-Oeste, o indivíduo teria entrado em contato com o chefe do executivo via WhatsApp, afirmando tratar-se de um “novo” portal de notícias da cidade, momento em que passou a solicitar uma “ajuda de custo” para que não publicasse conteúdos difamatórios contra a atual administração municipal.

Nos prints, divulgados pelo prefeito, é possível notar que o indivíduo também pede um emprego para outra pessoa.

“Assim que percebi a intenção do dono do site, avisei a Polícia Civil e comecei a responder as mensagens para ver até onde ele ia chegar. Provavelmente, o portal denominado “GI Notícias”, de propriedade de uma pessoa já conhecida da cidade, com histórico de ocorrências policiais, começará a publicar notícias difamatórias a meu respeito, pois não cedi ao pedido de propina”, comentou o prefeito.

Lucas já registrou Boletim de Ocorrência para a apuração dos fatos.

O crime de extorsão é o ato de obrigar alguém a tomar um determinado comportamento, por meio de ameaça ou violência, com a intenção de obter vantagem econômica.

É tipificado no artigo 158 do Código Penal Brasileiro e se consuma com a mera exigência da vantagem indevida, não se admitindo a tentativa, conforme a Súmula nº 96 do Superior Tribunal de Justiça.

Fonte: Tribuna Centro Oeste

Comentários
COMPATILHAR: