A chuva de grande intensidade que atingiu Juiz de Fora, na Zona da Mata, quase fez mais uma vítima em Minas Gerais nesse sábado (19).

Dois homens salvaram uma mulher que era arrastada pela enchente no Bairro Bom Jardim durante a tarde.

Não há informações sobre o estado de saúde da vítima. Na gravação, é possível ver que a mulher não conseguia se defender da força das águas. A rápida ação dos homens foi fundamental para salvá-la. 

Oficialmente, o Corpo de Bombeiros registrou apenas uma ocorrência na cidade. Na Rua José Sfeir, 388, Bairro Grajaú, uma equipe de militares apoiou a Defesa Civil na aplicação de lonas em um muro com risco de deslizamento. Houve infiltração da chuva na estrutura, mas não houve vítimas.

De acordo com a Prefeitura de Juiz de Fora, houve um rompimento da uma rede de água na Rua Sampaio, Centro da cidade. Equipes da companhia de saneamento da prefeitura vão iniciar os reparos a partir das 7h deste domingo (20/2).

“Chuva de uma longa duração e muita intensidade, causando fortes transtornos por toda parte. Queria pedir a vocês, que quem não tiver uma necessidade extrema, que fique em casa. Inclusive, acompanhando a situação de sua residência. Se houver (risco), imediatamente acione a Defesa Civil”, disse a prefeita Margarida Salomão (PT) em vídeo gravado para as redes sociais da Prefeitura. 

Uma trincheira, conhecida como Mergulhão, chegou a ser fechada na cidade por conta de um alagamento. 

Minas Gerais já registra 30 mortes neste período chuvoso, conforme a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil. São quase 60 mil desalojados e cerca de 10 mil desabrigados.

Fonte: O Tempo

COMPATILHAR: