Embalado pela vitória contundente sobre o Botafogo, por 3 a 0, pela Copa do Brasil, o América chega mais leve para o duelo direto com o Goiás, neste domingo (3), às 18h, pelo Brasileirão. O time mineiro recebe a equipe goiana no Independência em confronto contra a zona de rebaixamento. O Coelho é o primeiro time no Z4, com 15 pontos. O Esmeraldino está em 14º, três posições acima, e soma 17 pontos.

Voltar a vencer no Brasileiro significaria sair do grupo dos quatro últimos colocados para o América. A equipe do técnico Vagner Mancini não vence pela competição de pontos corridos há cinco rodadas, mesmo tempo em que não marca gols pelo torneio. O time alviverde desencantou no último confronto ao marcar três vezes sobre o Botafogo, mas pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Quem abriu o marcador na última partida foi o atacante Wellington Paulista. O jogador foi surpresa na escalação e balançou as redes logo aos cinco minutos. Com o gol e a boa atuação diante do time carioca, o camisa 9 deve começar entre os titulares neste domingo. E ele dá a receita para que o América consiga a vitória novamente no Campeonato Brasileiro.

“Temos que ter o mesmo pensamento que tivemos no jogo passado. Sabemos que vai ser mais um jogo difícil, uma equipe qualificada, com jogadores com qualidades interessantes. E temos que marcá-los, temos que saber como marcar, temos que saber como contra-atacar, temos que saber jogar com a bola no pé para que a gente consiga fazer um grande jogo como fizemos neste último agora”, ressaltou o atacante.

E para voltar a vencer, o América precisa melhorar uma marca neste Brasileirão. O time de Vagner Mancini é o segundo pior ataque do campeonato, com apenas 11 gols marcados em 15 jogos. A equipe está atrás só do Cuiabá, que tem 9 gols. Wellington Paulista, com quatro gols no ano, é um dos artilheiros do time na temporada e será importante para que o time balance as redes adversárias.

 

 

Fonte: Hoje em Dia

Comentários
COMPATILHAR: