Uma mulher morreu e três ficaram feridas, incluindo uma criança de apenas dois anos, em batida entre um carro de passeio e um caminhão de coleta de lixo, na rodovia MG-235, no Município de São Gotardo. O acidente na tarde de sábado (9) pode ter sido causado por causa de ultrapassagem perigosa feita por outro veículo que não se envolveu na colisão.

A vítima fatal tinha 28 anos e era passageira do carro. O condutor do caminhão contou à Polícia Militar Rodoviária que ia de São Gotardo para Rio Paranaíba quando foi ultrapassado por um carro. Este não verificou que outro veículo vinha no sentido contrário.

Para evitar a colisão com o automóvel que fazia a ultrapassagem, o motorista freou bruscamente e perdeu o controle, invadiu a contramão, o que o levou a bater com o caminhão.

No carro de passeio, estava um casal e a criança. O motorista sofreu várias fraturas, incluindo na coluna. O filho deles se feriu no rosto, enquanto a mãe teve lesões generalizadas e morreu presa às ferragens e durante atendimento médico.

Um dos três passageiros do caminhão chegou a ser arremessado para fora do veículo com o impacto da batida, mas, por sorte, teve apenas ferimentos leves.

Todos os feridos foram encaminhados para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de São Gotardo.

Um veículo de marca e modelo iguais ao citado pelo motorista do caminhão como sendo o causador do acidente chegou a ser abordado e identificado pela Polícia Militar, mas como não havia provas contra ele, foi liberado.

O caso agora será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Estado de Minas

Comentários
COMPATILHAR: