O Atlético tem como principal objetivo nesta temporada a garantia da classificação para a próxima edição da Libertadores. Com a vitória do Flamengo na competição nesse fim de semana, o Brasileirão passa a ter oito vagas para o torneio em 2023. Isso aumenta consideravelmente as chances de classificação do Galo.

Segundo o Departamento de Matemática da UFMG, antes de vencer o Juventude na última rodada, o Atlético tinha 45,9% de probabilidade de se classificar para a Libertadores, considerando a sétima posição (G7). Após a vitória atleticana, esse número saltou para 55,1%. Mas o aumento real veio após a abertura da oitava vaga, graças ao título do Flamengo, com a probabilidade atleticana saltando para 73,8%.

O Galo agora é o primeiro time, fora os já classificados (Palmeiras, Internacional, Fluminense e Corinthians), a ter mais chances de ir à próxima Libertadores. O Athletico-PR, que tem o mesmo número de pontos, mas está na frente do Alvinegro pelo número de vitórias, tem 72,5%.

Apesar de as chances, agora, serem altas, o Atlético não pode relaxar, já que há, pelo menos, seis clubes brigando pelas últimas três vagas na competição sul-americana. Além disso, o objetivo principal do Galo é ir direto para a fase de grupos. Para isso, precisa ficar entre os seis primeiros. Caso fique em 7° ou 8°, ele terá que disputar as fases preliminares da Libertadores.

O Atlético entra em campo nesta terça-feira (1º), em confronto direto contra o São Paulo, que está logo atrás do Galo na tabela, com apenas um ponto de diferença. A bola rola às 21h30, no Morumbi.

 

 

Fonte: Hoje em Dia

COMPATILHAR: